A educação brasileiras é dividida em muitos setores e por essa razão, ás vezes pode ser difícil compreender o funcionamento de cada escola que segue uma linha pedagógica.

As instituições que mais confundem os país e responsáveis são as do setor: militar, cívico-militar e pública. Afinal, qual a diferença entre elas? Vamos entender tudo a seguir:

Colégio Militar

Vamos começar falando sobre o Colégio Militar, que é uma instituição qe possui diversas particularidades. O primeiro onto que diferencial essa escola das outras é o seu modo de ingresso.

Para conseguir uma vaga em qualquer colégio militar, é necessário passar por um processo seletivo no modelo de concurso. Os estudantes precisam se inscrever quando o edital é lançado e se preparar para a prova.

O outro método de ingresso para essas instituição é ser dependente direto de um militar. Nesses casos, os responsáveis podem realizar a pré matrícula Colégio Militar 2020 sem muita burocracia.

Os estudantes podem ingressar nessas instituições em duas séries escolas: no 6° ano do ensino fundamental e no 1° ano do ensino médio.

Justamente por esse processo seletivo e pelo fato de que existem poucos colégios militares por região, as vagas disponíveis são muito concorridas.

Colégio Cívico-Militar

Enquanto isso, os colégios cívico-militares, que são uma das maiores propostas do governo atual são uma divisão do poder público com o poder militar.

A intenção é que o poder militar possa interferir diretamente na administração da escola, apesar de ainda não estar estabelecido ao setor o quanto esses servidores podem interferir pedagogicamente.

Diferente dos outros modelos de instituição citados, essa proposta é relativamente nova para a educação, por isso, é difícil prever ao certo como funcionará essa escola.

Além disso, vale mencionar que os próprios estados podem escolher aderir ou não ao modelo cívico-militar para algumas de suas instituições.

Essa nova instituição é pensada para os filhos e dependentes em primeiro grau de militares, sendo instaladas nas escolas públicas regulares.

Colégio Público

Por último, temos um dos modelos mais antigo e mais comum da educação: a escola pública. Essa é a instituição que mais tem unidades espalhadas por todos os estados do país.

A escola pública possibilita cargas horárias diferentes para os alunos, pois as instituições podem ser do modelo regular, semi-integral ou integral.

Diferente do Colégio Militar, a escola pública não tem processo seletivo e os estudantes podem garantir a sua vaga através da Matrícula Fácil, um recurso online que permite realizar a matrícula online.

A regra só não se aplica para as ETE’s, que são instituições públicas que promovem cursos técnicos no segundo horário. Para essas escolas, é necessária a realização de uma prova.